Desvendando a primeira liderança

Confira as habilidades esperadas dos colaboradores que alcançam cargos de gestão e saiba a como orientá-los.

Os talentos são um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma empresa. Quando as pessoas ampliam suas habilidades individuais, contribuem de forma colaborativa e respeitam os valores da empresa, geralmente são reconhecidas e se tornam líderes de uma equipe. Se você tem a missão de capacitar um líder, mas não sabe por onde começar, fique tranquilo(a)! Neste artigo traremos algumas dicas de como desenvolver lideranças.

Antes de mais nada, entenda que existem diferentes graus de liderança numa organização. Para atingir este novo patamar, é preciso mudar a mentalidade, pois novos valores e habilidades serão desenvolvidos. O colaborador promovido seguirá fazendo algumas tarefas que já fazia, deixará de fazer algumas tarefas, mas também terá novos desafios. É preciso virar a chave, ou seja, progredir e deixar para trás certas atividades.  

Novas posturas

Um dos objetivos do líder é mobilizar a equipe em torno de um objetivo/meta, fazendo com que eles realizem algo sob a sua gestão. Ensine-o a desenvolver seus liderados, supervisionar relacionamentos e solucionar os problemas de coordenação e conflito. Outro ponto importante é ensiná-lo a identificar talentos e ajudá-los a crescer.

A gestão do tempo também é uma responsabilidade dos cargos de liderança. Deixando um pouco de lado a rotina de cumprir horários e prazos pessoais, o líder entra de cabeça no planejamento de metas, na comunicação com outras áreas e na definição de prioridades para toda a equipe.

Por fim, vale lembrar que, agora, as conquistas desse colaborador não serão dele. Quer dizer, até serão, mas não dele. O resultado do esforço de um líder e seu desempenho serão medidos pelo rendimento dos seus liderados. Nesse momento, ele servirá como exemplo para toda a equipe.

Conhecer a equipe

Em um time de futebol, por exemplo, a responsabilidade de um técnico é evidente. Não basta ter um elenco estelar, mas saber as qualidades de cada um, para que rendam dentro de campo. E mais: como unir as qualidades individuais de cada jogador para montar uma máquina de vitórias? É justamente essa pergunta que você deve fazer aos novos gestores!

Um líder que conhece e apoia a sua equipe, inevitavelmente irá motivá-la e, por isso, tem maiores possibilidades de conseguir alta performance. Uma das formas de motivar os liderados é a partir do enriquecimento de cargos, ou seja, delegar tarefas de níveis mais altos. Cargos bem concebidos levam à alta motivação, desempenho e satisfação. Esses resultados ocorrem quando a equipe experimenta três sensações: acreditam fazer algo significativo e importante para os outros, sentem-se pessoalmente responsável pelo resultado do trabalho e quando recebem feedback sobre o bom andamento do trabalho.

 

Relacionamento e níveis hierárquicos

O líder deve estabelecer relacionamento com três tipos de pessoa: seu superior imediato, seus liderados e seus pares. Considerando o seu superior imediato, ele deve estabelecer uma conexão estar a par da estrutura hierárquica da empresa e começar a entender como ela funciona. Quanto aos liderados, a conexão vai além de gostar ou ser simpático(a) a eles: passa por desenvolver respeito e apoio mútuos, além de integridade. Um líder considerado malicioso ou manipulador nunca será capaz de estreitar esses laços.

É importante lembrar dos gestores no mesmo nível hierárquico. Esse relacionamento deve ser horizontal, para que informações sejam compartilhadas, trabalhos sejam coordenados e problemas solucionados.

 

Feedback

Existe um momento importante para a gestão, que é o feedback. O feedback é um retorno específico dado pelo líder a respeito do desempenho ou do comportamento que o liderado está emitindo. É por meio desse retorno que os liderados tomarão consciência se estão fazendo o correto.

Quando líderes encontram algo que seu liderado deve mudar ou manter, devem pontuar ou elogiar. Os feedbacks devem ser parte do cotidiano e não eventos marcados, para que sejam dados de forma natural e, principalmente, em particular. Com isso, é possível extrair o melhor das equipes!

E então, já se sente mais preparado(a) para desenvolver os novos gestores? Lembre-se de que um bom líder não nasce de uma hora pra outra, é resultado de muito esforço e dedicação. Se sentir necessidade, revisite esse artigo e releia as nossas dicas.

Caso precise de uma ajuda extra, nós da Asterisco Educação podemos auxiliar no desenvolvimento do programa de capacitação de líderes da sua organização. Criamos soluções personalizadas que vão ao encontro das suas necessidades, engajando os colaboradores na busca da excelência e da transformação organizacional. Entre em contato com nossa equipe comercial e teremos prazer em atender você!